quinta-feira, 22 de outubro de 2009


Quando uma tal de inspiração invade a gente, nós ficamos loucos; de amor, de alegria, tristeza... e tudo isso entra em combate, lutando conosco pra se formar em letras, se fazer em verso.
E nessa luta sangrenta, não saímos muito contentes; quando a tal da inspiração está no auge, um ventinho leva ela da gente...

3 comentários:

Mariana Frazão disse...

tava passando e parei p ler, amei o texto :*

Rafael Vieira disse...

por isso sempre to com papel e caneta por perto. Mas às o vento é mais rápido.
Dirijo sim, já tenho ou ainda tenho 19.Por um acaso sou "motorista"até.

Calem-se Dedos ! disse...

a taal da inspiração'
vivo sentiindo ela :D
aueioaueoiaueioaueoiaueoae
AMEEI o teexto'
da uma passadinha no meu blog depois

beeijo :*